Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Efemérides

Mahatma Gandhi (1869 – 1948)

 

60.º aniversário do seu assassinato, à queima-roupa em Nova Deli.

*

Mohandas Karamchand Gandhi, nasceu a 2 de Outubro de 1869, em Kathiawar, estado de Porbunder, na Índia.

*

Gandhi morre em 30 de janeiro de 1948, assassinado por um hindu. Um milhão de indianos, comparecem ao funeral.

Parte de suas cinzas foram lançadas às águas sagradas do Rio Jumna.

*

Churchill costumava chamá-lo de "Faquir despido". Einstein era um de seus maiores admiradores e saudou-o como “Porta-voz da Humanidade”. Martin Luther King inspirou-se nele.

*

Pensamentos de Mahatma Gandhi

*

- “A minha preocupação não está em ser coerente com as minhas afirmações anteriores sobre determinado problema, mas em ser coerente com a verdade”.

- "Aquele que não é capaz de governar a si mesmo, não será capaz de governar os outros."

- "Quem sabe concentrar-se numa coisa e insistir nela como único objectivo, obtém, ao cabo, a capacidade de fazer qualquer coisa."

- “Estou firmemente convencido que só se perde a liberdade por culpa da própria fraqueza”. - "Se o homem perceber que é desumano obedecer a leis que são injustas, a tirania de nenhum homem o escravizará".

*

Mohandas Karamchand Gandhi, o conhecido "Mahatma" (A Grande Alma) estará para sempre, sem dúvida alguma, por suas palavras e atitudes, entre os homens que mais enobreceram a raça humana.

*

publicado por Flaviense às 04:55
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Hotel Casino de Chaves

Pouco passava das 16.00 horas do dia 19 de Janeiro, quando Manuel Viola presidente do grupo Solverde, sem pompa nem circunstância, precedeu a abertura ao público do Casino de Chaves, o maior investimento privado feito em Chaves nos últimos tempos.
*

Com abertura prevista para o Fim de Ano de 2004, este empreendimento esteve em risco de não ser construído em Chaves, devido aos obstáculos postos pela actual vereação da Câmara Municipal de Chaves, quando tomou posse.

*

 

*

O novo Casino de Chaves, está composto por três andares decorados a preceito, onde o “glamour” e grandes vitrais marcam presença em abundância.
*
Serve de porta de entrada aos clientes um grande hall, onde predominam as cores azuis e preto com esplanada interior, um bar, um jardim e uma fonte luminosa.
*
Logo no rés-do-chão estão espalhadas as “slot-machines”, ficando reservado o primeiro andar para uma sala mista com máquinas e jogos “bancados”.
*
O casino dispõe de 322 “slot-machines” e 13 mesas de jogo, nomeadamente duas bancas francesas, três “Black-jack”, quatro “Roletas Americanas”, um “Póquer sem descarte”, um ponto e banca e dois “Poker Texas Hold'em”.
*
Ao dispor dos frequentadores do casino estão ainda três bares, o "Gran Via", na sala das máquinas, o "Black Tie", na zona dos jogos bancados, e o "Plaza", no hall, podendo neste último desfrutar da mais variada programação musical.
*
A nova unidade do grupo Solverde conta, no andar inferior, com o restaurante e sala de espectáculos "Península", que vai oferecer uma programação variada, através da exibição de espectáculos diários e da realização de concertos com conceituados artistas nacionais e internacionais.
*
Esta sala possui uma capacidade para 600 pessoas e está dotada dos mais modernos equipamentos e tecnologias, estando assim apta para acolher quaisquer tipos de concertos e de eventos de natureza musical, cultural ou recreativa, garantindo as melhores condições de conforto.
*
As novas ligações rodoviárias, a proximidade a Espanha e o facto de os casinos mais próximos da Galiza serem os de La Toja e Corunha foram os aspectos que mais pesaram na decisão da Solverde de investir 40 milhões de euros em Chaves.
O novo casino fica mesmo junto à auto-estrada que liga Chaves a Vila Real e Viseu, a A24, que, por sua vez, se liga à A7, que liga a Guimarães e ao litoral. Com as novas ligações, qualquer cidade do litoral está agora a menos de uma hora de Chaves.
Por outro lado, a Autovia das Rias Baixas e a cidade de Verín ficam a 15 quilómetros de distância e já está a ser construída a nova ligação em auto-estrada que vai ligar aquela rodovia à fronteira de Vila Verde da Raia. As autoridades da Galiza prometem a conclusão das obras ainda durante este ano. De futuro, uma viagem de Orense, onde vivem cerca de 350 mil pessoas, a Chaves far-se-á em pouco mais de 30 minutos.
O mercado espanhol é muito apetecido para a Solverde. Desde logo, porque os espanhóis têm melhor poder de compra que os portugueses.
*
O novo Casino de Chaves insere-se num empreendimento mais vasto que inclui ainda um hotel de quatro estrelas, em fase de acabamentos. O Hotel Casino Chaves terá 72 quartos e seis suites, restaurante para 200 pessoas, bar, lojas, seis salas de reunião, “health club”, uma piscina interior e outra exterior, um campo de futebol e outro de squash e circuito de manutenção e Heliporto.
*
A inauguração oficial acontecerá em 12 de Abril próximo, data com grande simbolismo para a Solverde - em 12 de Abril de 1972 foi criada a empresa e precisamente no mesmo dia e mês, mas de 2002, foi atribuída ao grupo a concessão da exploração da zona de jogo Vidago - Pedras Salgadas.
Nessa data, a Solverde espera, trazer para a inauguração um membro do Governo e organizar um espectáculo com dois gigantes do fado – Carlos do Carmo e Mariza.
*
Fernando Reis, administrador da Solverde, acredita que o projecto "vai ser um sucesso" e será rentável dentro do prazo de concessão, que é de 25 anos.
De acordo com o contrato de concessão de exploração do Casino, entre o Estado Português e a empresa Solverde, S.A. prevê-se uma contrapartida financeira para a região dos concelhos do Alto Tâmega, sendo 15,1% das receitas brutas, destinadas para investimento no Turismo.
*
Ver – RTP Noticias
*
tags:
publicado por Flaviense às 04:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Imagem da Semana

Saída para a Zona Industrial, que Antes de Ser já o Era

*

Quem sai da cidade de Chaves, para apanhar a Auto-estrada (A 24), encontra este precioso “Placar informativo”.

 

*

Ficamos a saber que na “Rotunda”, que vamos encontrar a 900 metros:

*

1º - Virando á esquerda, podemos apanhar a Auto-estrada (A 24) com destino a Chaves! Estamos em Chaves. A sair de Chaves. E vamos apanhar a (A 24) com destino a única saída do local donde estamos a sair?

*

2º - Virando á direita apanhamos a estrada em direcção a “Zona Industrial”!

*

*

Só que ao chegar a “Rotunda”, á direita deparamos com um muro e um Pinhal! Onde está a anunciada saída para a “Zona Industrial”.

*

Senhores responsáveis por tão caricato “Placar Informativo”, expliquem-nos melhor esta “Desinformação”.

 

publicado por Flaviense às 04:29
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

Autarquia – Te põe uma Bomba

Fogo de artifício estoirou centenas de vidros

 

 

 

Na noite de passagem de ano, a Câmara Municipal de Chaves e a empresa municipal para a área da cultura Chaves Viva, organizaram a tradicional festa de passagem de ano no Largo General Silveira (Largo das Freiras).

*

À meia-noite, foi lançado o fogo-de-artifício do largo da “Lapa”, mas a festa acabou mal.

*

O incidente terá ocorrido porque o indivíduo responsável pelo fogo não acautelou a segurança da estrutura de lançamento das “Balonas de tiro”, que devia que estar muito bem presa.

Podia ter sido uma tragédia muito grande.

*

Algumas “balonas” rebentaram no chão ou a muito baixa altura, causando um violento impacto. Alguns ferros da estrutura de lançamento foram projectados para o café do forte de São Francisco, onde se encontravam várias pessoas.

*

Um tubo de lançamento das “balonas”, foi projectado contra a porta do Centro Social e Paroquial de Chaves que ficou muito afectado, com vários vidros, portas e estruturas de alumínio danificadas.

Foi mesmo aberta uma brecha no tecto e numa casa de banho, que vai obrigar à reestruturação de parte da fachada do edifício.

O Centro Social teve de pedir aos encarregados de educação para não levarem as crianças à escola nos dias seguintes.

*

A escola Fernão de Magalhães, casas de habitação, automóveis e montras de estabelecimentos comerciais, a centenas de metros de distância do largo da “Lapa”, ficaram danificadas, contabilizando-se, no total, mais de 300 vidros partidos.

*

Muitas das pessoas que se encontravam junto à fogueira, no “Largo das Freiras”, aperceberam-se com estupefacção do forte impacto, mas não tiveram noção do perigo que correram. Só por milagre ninguém foi atingido.

*

Segundo se sabe, já não é a primeira vez que o fogo-de-artifício provoca estragos, por ser lançado no centro da cidade, mas os prejuízos nunca tiveram tal dimensão.

A Câmara Municipal e o responsável pelo lançamento do fogo, garantiram que os seguros cobrem os prejuízos materiais.

*

Assim de simples se resolve a questão da incúria e irresponsabilidades.

*

Mas… e se tivessem acontecido danos pessoais ou uma tragedia?

*

Casos de incumprimento de regras de segurança sucedem-se.

*

Neste particular não podemos deixar passar em branco os lamentáveis e sucessivos acidentes ocorridos com “Balonas” (engenhos pirotécnicos de explosão no ar), com mortos e feridos, por vezes devido à falta de experiência, quer de fabrico, quer de utilização.

Ainda recentemente, Agosto de 2007, duas meninas de três e oito anos ficaram feridas, uma delas com gravidade, ao serem atingidas por estilhaços de engenhos pirotécnicos. Uma delas apanhou com os estilhaços na cara, numa mão e nas pernas. Vai precisar de um transplante de pele numa perna, que foi perfurada.

*

Quanto à utilização de artigos pirotécnicos há regras restritivas, nomeadamente no que respeita às distâncias de segurança e raio de segurança dos espectáculos.

*

O uso e lançamento de fogo de artifício (Balonas de tiro) carece de autorização prévia da Câmara Municipal que deve acautelar e providenciar para que se cumpram todas as regras de segurança.

*

Estes lamentáveis casos deverão, a partir daqui, servir de lição.

*

 

tags:
publicado por Flaviense às 04:10
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Janeiro de 2008

O 1º FLAVIENSE

Tito Flávio Vespasiano [Titvs Flavivs Vespasianvs]
+
Nasceu em Falacrinae, próximo à Sabine Reate, actual Rieti em 17 de Novembro do ano 9 d.C. Imperador romano (69 d.C. a 79 d.C.) governou com o nome de.Caesar Vespasianus Augustus,
*
Foi o fundador da dinastia Flávia, e através de uma enérgica política pôs fim às guerras civis que assolaram Roma após a morte de Nero promovendo a unidade interna do império.
Devido à sua origem humilde e simplicidade, tornou-se muito popular e, em função deste prestígio, o Senado delegou-lhe poderes excepcionais.
*
Promoveu a estabilidade política e revitalizou a economia imperial por meio de rigorosa reforma tributária, desenvolveu um vasto programa de obras públicas como a restauração do Capitólio e o início (75 d.C.) da construção do Coliseu de Roma.
*
Realizou também reformas militares e concedeu cidadania romana e direitos a várias províncias, com proveito para o tesouro imperial.
*
No ano 74 d.C., Vespasiano concedeu a “Latium Minus” (ius latii) a toda a Hispânia. Era uma concessão da magnanimidade imperial que atribuía aos magistrados das cidades desse território, a honra da cidadania romana.
*
Por honraria, Vespasiano atribuiu igualmente o título da família reinante – Flavia, a progressiva civitatis de Aquas, promovendo-a ao autorizado título de Aquae Flaviae.
Deu origem ao nome do Município de «Aquae Flaviae» e ao nome dos seus habitantes «Aquiflavienses».
*
Flaviense – do Lat. Flaviense – adj. 2 gén. m+f (top Aquis Flaviis+ense).
*
O título deFlavia” o terá merecido apenas aquelas populações que usufruíam já de um valor urbano e socio-económico superior, próprio do “populus” ou “civitas”.
*
O império foi ampliado e as fronteiras fortalecidas e proclamou cônsules e herdeiros seus filhos Tito e Domiciano, que reinariam um após o outro, criando a sucessão hereditária.
*
Em 24 de Junho de 79, com a idade de 78 anos morre sossegadamente, de morte natural, em Aquae Cutiliae, nas proximidades de Sabine, sua terra natal, um ano antes do término de sua grande obra de engenharia, o Coliseu.
*
Com o seu espírito irónico, antes de morrer disse:Pronto, creio que me estou convertendo em deus!” depois insistiu que o ajudassem a levantar e continuou: “Um imperador deve morrer em pé!” e morreu.
*

 

IMP CAESAR VESPASIANVS AVG.

Busto de Vespasiano laureado, para a direita

*

tags:
publicado por Flaviense às 03:37
link do post | comentar | favorito
|

FOTOS DE HOJE E DE ONTEM

Assim era o Lado Sul da Ponte Romana

<<Sendo Imperador César Nerva Trajano Augusto Germânico, Dácico, Pontífice Máximo do Poder Tribunício, Cônsul Cinco Vezes, Pai da Pátria, Os Aquiflavienses Edificaram à sua Custa esta Ponte de Pedra>>

Pelas construções que séculos fora, de um e de outro lado da ponte, se foram encostando às suas paredes, ficaram visíveis apenas 12 arcos.

publicado por Flaviense às 03:21
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Objectivos

O Flaviense

Pretende ser um espaço de livre expressão Democrática.
Como tal acolhera, com a mesma fraternidade, os que concordam e do mesmo modo, os que defendem o contrario.
Admitirá o direito de resposta, de todos os que se sintam injustiçados.
Os dias que vivemos evidenciam o acentuar de uma crise social em Chaves e no País, que auguram tempos difíceis.
O Centro citadino está Degradado, Envelhecido, Descaracterizado, menos atractivo e competitivo. A Descaracterização urbana levou a destruição do Comércio a Insegurança, a perda de valores ao aumento de vandalismo e criminalidade.

A tudo isto juntam-se uma administração Autárquica, Não Flaviense, gerida por clientelas políticas sem capacidade de gestão, sem brilho, rendida a interesses instalados e a lógicas de manutenção do poder. Falida de ideias, de conhecimentos técnicos e da realidade da Cidade Flaviense, que dela se servem como se fosse sua propriedade.

Habituámo-nos a calar, a falar em privado e com todas as reservas, a usar metáforas e eufemismos para nos dirigirmos a verdades incómodas para a classe dirigente.
Agora há que chamar os bois pelos nomes.
Corrupção é Corrupção, leviandade é Leviandade, Incompetência é Incompetência, ladroagem é Ladroagem, perseguição é Perseguição, justiça é Justiça, impunidade é Impunidade.

O Flaviense:
Tem olhos, mas não querem que ele Veja.
Tem ouvidos, mas não querem que ele Ouça.
Tem cabeça, mas não querem que ele Pense.
Tem boca, mas não querem que ele Fale.


Por isso, o Flaviense, será, muitas vezes, uma voz incómoda de que se honrara.
- Denunciara tudo o que for contra a Identidade da Cidade Flaviense.
- Denunciara tudo o que for contra a Legalidade Democrática.
- Denunciara tudo o que prejudique o Bem-estar e o Desenvolvimento da Comunidade Flaviense.
- Denunciara o Tráfico de Influências e o Clientelismo.
- Detestara os salamaleques dos indivíduos que detêm o poder, seja ele qual for.
Dos Políticos ou Pseudo políticos, não recebera “encomendas”, sugestões de “cautelinhas” e desvelos de “cuidadinhos”, enfrentando os Azuis, Laranjas, Rosas e Vermelhos que o tentem condicionar ou intimidar.
Sempre saberá responder invocando uma coisa singela: O Exercício da Cidadania, concretizado, aqui, na chamada Liberdade de Expressão e Pensamento.

Este espaço incidira, com alguma frequência, na área da História Flaviense acompanhada com uma constante presença de reproduções fotográficas.
- Antigas da “Aquae Flaviae”, “Cidade Florida”.
- Actuais da “Petrae Flaviae”.
Relatara as descobertas diurnas e nocturnas sobre política, cidadania, história, património histórico, arquitectónico e arqueológico, segurança, cultura humor e desporto.

Ao adoptar estes Objectivos, defino claramente a orientação e objectivos deste “Blog”, que será, acima de tudo, um “Blog” com Observações sobre o que nos Rodeia, pela Justiça, pela Clareza e pela Verdade!

Colabore com este Blog. Mandem material (fotos, notícias, denuncias, etc.) para o meu E-mail.
As melhores serão publicadas aqui, com os créditos devidos para o autor.

Saúdo calorosamente todos os “Blogs”, especialmente os Flavienses.

publicado por Flaviense às 02:41
link do post | comentar | favorito
|

.SNAP SHOT

.mais sobre mim

.PONTE ROMANA

Concorda que a Ponte Romana passe a ter utilização unicamente pedonal?
Sim
Não
Sem opinião
= Ver resultados =

.Pesquisar neste blog

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.Chaves

Creative Commons License

.posts recentes

. José Sócrates em Chaves

. 2009

. Boas Festas

. Cine Teatro de Chaves

. UM HOMEM DEITADO NO CHÃO

. Cadeia Comarcã de Chaves ...

. Chaves, o Rio, as Poldras...

. Azenha do Agapito

. Nova Ponte Pedonal

. Cartaz do Dia

. Depois de XIX Séculos, fi...

. Construção da Ponte Pedon...

.Arquivos

. Setembro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.Links

.Livros em Destaque

Autor – Júlio Montalvão Machado – 2006 - Formato 19 x 27, 462 páginas – 3ª Edição * A MAGIA DE AQUAE FLAVIAE Autor - Mário Gonçalves Carneiro

.Nas termas

online

.Tempo

Weather Forecast
Locations of visitors to this page

.Euromilhões

blogs SAPO

.subscrever feeds